- Publicidade -
Quinta-feira, Janeiro 28, 2021

Ansião implementa plano para a vespa velutina

O Município de Ansião, na implementação do seu Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina, colocou já este ano 200 armadilhas por todo o concelho.

Através do Serviço Municipal de Proteção Civil, a monitorização é feita quinzenalmente, consistindo na limpeza da armadilha, na reposição da solução atrativa e na contagem e registo das capturas por espécie (velutina, crabro, germânica, etc.).

A estratégia passou por envolver também a comunidade local de apicultores, através da Sicólmeia, que colaborou na colocação de cerca de 50% destas armadilhas num raio de 100 m em redor dos seus apiários. Paralelamente, o município colocou as restantes nas áreas do concelho com maior registo de ninhos até ao momento.

O primeiro ninho surgiu no verão de 2017 no lugar da Serrada da Mata, e têm sido as freguesias de Chão de Couce e Avelar a apresentar uma maior concentração dos casos, embora já se verifique a sua dispersão em quase todo o concelho.

Desde a data da primeira ocorrência, foram já eliminados 183 ninhos, 122 dos quais em 2019. No início da primavera desse ano realizou-se uma sessão de esclarecimento, com o intuito de sensibilizar para a dimensão deste problema e para a utilização generalizada na comunidade de armadilhas o mais seletivas possível, de modo a controlar a captura de outras espécies de insetos.

A autarquia aguarda pelo financiamento aprovado no valor de 10 000 euros, e candidatou-se ao “Programa de apoio à destruição dos ninhos de Vespa Velutina – 2019”, através do Fundo Florestal Permanente do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

- Publicidade -

Últimas notícias